Não cometa estes erros ao escolher seu curso de faculdade

A escolha de curso é um momento difícil para muitas pessoas. A pressão da família, dos amigos e o medo de tomar uma decisão errada são fatores que aumentam o estresse de escolher.

Você não sabe o que fazer?

Neste artigo, você descobrirá alguns erros que você pode cometer na hora de tomar essa decisão. Aqui você vai ler sobre atitudes que devem ser evitadas para que você faça uma escolha mais consciente e que tenha sentido para você.

Vamos a eles!

NÃO ESCOLHA PELAS MATÉRIAS QUE MAIS GOSTA

Apesar de parecer lógica, essa não é a melhor maneira de escolher o curso que você irá fazer e a profissão que pretende seguir. Não faça uma escolha simplista apenas pelas matérias que mais gosta. Às vezes, é preciso estudar matérias que não gostamos para nos qualificarmos para realizar uma atividade que queremos fazer.

Por exemplo, alguém que gosta de Humanas e quer fazer Arquitetura, só que não gosta de Física e Cálculo. Acredito que essa pessoa não deva desistir de ser arquiteto por ter que estudar matérias que não gosta tanto.

Mesmo que você vá fazer um curso que só tenha matérias que gosta, sempre vai ter alguma coisa que não gosta nas aulas, algum professor com um método de ensino que não combina com você ou trabalhos que você acha desnecessários.

Ou seja, você vai precisar estudar e criar algumas coisas apenas para passar em algumas matérias. Por isso, leve mais em consideração qual atividade você quer realizar no futuro que as matérias que gosta de estudar na escola ou que irá estudar na faculdade, elas são apenas um meio para que você atinja seu objetivo.

NÃO DEIXE DE VISUALIZAR O QUE QUER PARA O FUTURO

É importante parar para refletir porquê você quer fazer aquela faculdade ou curso. E utilizar esse momento de estudo como uma forma de atingir seus objetivos futuros. Claro que a época de faculdade é muito legal, você irá fazer vários amigos, abrir a cabeça para novas ideias, ir à festas, praticar esportes.

Mas, na hora de escolha do curso, o principal é focar no que você quer para o seu futuro e levar em conta que atividades quer realizar quando se tornar um profissional formado.

A chave aqui é tirar o foco do curso em si e pensar no que você quer atingir estudando aquilo. Sei que muitas vezes não conseguimos ter essa visualização do futuro tão clara, por isso o autoconhecimento é muito importante nesse momento.
Leia aqui sobre a importância do autoconhecimento na época vestibular.

NÃO ESCOLHA SUA PROFISSÃO APENAS POR DINHEIRO

Para alguns, o dinheiro é fator crucial do sucesso e sem ganhar muito dinheiro, não existe um profissional bem sucedido. Se você acredita nisso, escolha sim sua profissão visando o dinheiro, pois este é o seu foco e não há problema nenhum com isso.

Mas se você valoriza outras coisas e imagina o seu sucesso envolvendo contribuição, desenvolvimento pessoal, ajuda ao próximo ou qualquer outro retorno que uma profissão possa trazer, não leve em conta apenas o dinheiro para a sua escolha.

Parece clichê, mas eu realmente acredito que se você fizer algo que te empolga, que você realmente gosta de fazer e que tenha a ver com você, você terá muito mais chances de ser bem sucedido financeiramente.

Então, não entre naquela faculdade apenas porque “dá dinheiro” pois, no futuro, você pode sentir falta de outras coisas em sua profissão e se ressentir da decisão que tomou. Para ler um pouco mais sobre dinheiro e como ele afeta nossa vida profissional e pessoal, clique aqui.

NÃO DECIDA LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO APENAS “O MERCADO”

É claro que é preciso pensar no mercado de trabalho, analisar, ser realista e levar em consideração suas possibilidades atuais. Mas escolher uma profissão pensando apenas nisso, apenas na área que tem mais vagas, na ocupação que vai ser mais fácil de se colocar ou no curso que você vai ter emprego garantido com alguém da família, pode trazer grande frustração no futuro.

Leve em conta o que você realmente quer, o que é importante para você e o que você deseja realizar. Não adianta nada conseguir uma vaga de trabalho mais fácil ou rapidamente e depois viver infeliz.

Além disso, “o mercado” está em constante mudança, há empregos que vão existir no futuro que a gente nem imagina e outros que existem hoje e vão se tornar obsoletos. Por isso, fique antenado sim nas tendências, mas não faça desse o seu único critério de escolha.

Faço uma ressalva aqui quando você usa esses critérios pois está precisando de dinheiro. Nesse caso, acho válido tomar esse caminho. Mas depois que você estiver estabilizado financeiramente, meu conselho é que busque fazer o que realmente gosta.

NÃO DEIXE DE CONSIDERAR SEUS VALORES E TALENTOS

Seus valores são todas as coisas que são essenciais e inegociáveis para você (exemplos: família, liberdade, honestidade, segurança, etc.). Já seus talentos são todas as coisas nas quais você é bom, o que você faz bem, gosta de fazer e faria de graça, apenas por prazer. Seus talentos vêm tão naturalmente para você que, por muitas vezes, você nem percebe que são talentos.

Pois bem, na hora de escolher uma profissão é muito importante considerar quais são seus valores e talentos. Caso você não faça isso, pode acabar se sentindo desalinhado com quem é, por não estar tendo seus valores preenchidos no seu dia a dia. Também pode se sentir mal por não estar usando os seus talentos frequentemente, o que te deixará cada vez mais desmotivado profissionalmente.

Por isso, reflita sobre quais são seus valores essenciais e seus maiores talentos e, assim, você poderá escolher seu curso de faculdade e profissão levando em conta coisas muito importantes para você e estar satisfeito em relação à elas vai fazer uma diferença positiva no seu futuro.

 

Invista muito no seu autoconhecimento, reflita sobre o que quer, o que mais gosta de fazer, o que imagina para o seu futuro e também sobre o que não quer. Essa é a melhor forma de tomar uma decisão consciente e ter um futuro profissional bem sucedido!

Se você precisa de ajuda para se conhecer melhor e ter mais base para escolher sua profissão, veja como posso te ajudar.

book cover

Baixe este ebook GRATUITAMENTE e descubra 6 passos para te ajudar a decidir qual profissão seguir e conquistar o futuro que você sonha.

Não deixe escapar essa oportunidade! Baixe o ebook aqui!

Renata Lapetina

Renata é coach e escritora. Criadora do Programa O Que Quero Ser Quando Crescer, sua missão é inspirar pessoas a fazerem o que amam.
Curta nossa página no facebook e acompanhe as novidades.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *