5 coisas que você precisa saber sobre dinheiro

“O que o dinheiro faz por nós não compensa o que fazemos por ele”
Gustave Flaubert

 

Você tem problemas em relação ao dinheiro?
Sente que o dinheiro é o motivador de muitas de suas decisões?
Tem medo de ficar sem dinheiro e por isso não consegue sair do trabalho que não gosta e buscar coisas novas?

Se você está tendo problemas quando o assunto é dinheiro, a falta dele ou como ganha-lo fazendo o que ama, continue lendo este artigo.

A primeira pessoa que me fez refletir sobre o dinheiro e minha relação com ele foi a coach de alta performance, Paula Abreu. Fiz um treinamento dela sobre este tópico e é inspirada neste treinamento que estou escrevendo. Até então, não tinha me dado conta de quanto é importante refletir sobre isso.

Se você não gosta do seu trabalho, mas continua nele, imagino que um dos maiores motivos que te levam a continuar nessa situação é a questão financeira. Com certeza há outros, como status, socialização ou medo de mudar. Mas o dinheiro sempre fica no top 3 para todos que procuram uma mudança profissional mas não conseguem sair do lugar. Principalmente para pessoas que tem outras que dependem financeiramente delas, como filhos, familiares ou cônjuges.

Dinheiro foi a razão de eu ficar por anos em uma área que não era alinhada aos meus valores, meus objetivos e à minha definição de sucesso. Na sociedade em que vivemos, o dinheiro é considerado um dos principais fatores para se mensurar o sucesso de alguém. Porém, sucesso é um conceito abstrato e é diferente para cada um.

Se dinheiro significar sucesso para você, sem problemas. Aí sua definição é similar à da nossa sociedade. Mas, arrisco dizer que, se você está procurando fazer um trabalho que ama, um trabalho que tenha significado para você e que te deixe feliz, dinheiro não deve ser uma de suas prioridades para se sentir bem sucedido.

Porém, é impossível negar que ele é imprescindível, para a sobrevivência, para o lazer, para alimentação, a saúde e tudo que necessitamos como seres humanos. Por isso, na hora de mudar de trabalho, a questão financeira pode ser um grande obstáculo.

Assim, é importante que você separe alguns momentos para pensar na sua relação com o dinheiro e em como ela pode estar afetando a sua vida profissional e, consequentemente, sua vida pessoal também. Então, vamos às 5 coisas que você precisa saber sobre dinheiro se está em busca de trabalhar com o que ama.

trabalho com significado

1 – DEFINIÇÃO DE SUCESSO

Dinheiro não igual a sucesso. Eu acredito muito nisso, e conheço muitas pessoas que também acreditam. Se você é uma das pessoas que não vê o dinheiro como o principal fator de sucesso na vida, divergindo dos valores sociais e culturais predominantemente capitalistas, você precisa pensar no que é sucesso para você.

Ter um trabalho com significado, estar sempre com a família e amigos, ajudar pessoas, há diversas formas de se sentir bem sucedido. Qual é a sua? Se você nunca parou para pensar nisso, pare e pense agora. Não deixe para depois! Pare de perseguir um ideal de sucesso que não é o seu!

2 – CRENÇAS LIMITANTES

Temos muitas crenças inconscientes e a maioria delas são adquiridas quando somos crianças e não temos muita capacidade de processar emocionalmente as coisas que acontecem conosco e que são ditas para nós. Por exemplo, se sua mãe te disse quando você era criança que “dinheiro é sujo” você, provavelmente, ainda acredita nisso inconscientemente.

Bom, mas se dinheiro é sujo, você não quer ter dinheiro por perto, você não quer ser sujo ou lidar com sujeira. Assim, nasce uma crença limitante que pode afastar o dinheiro da sua vida. Inconscientemente, você não quer ter nada a ver com dinheiro, por ser sujo, e isso pode te gerar problemas financeiros. Este é o mecanismo de uma crença limitante.

Então, pense em todas as suas crenças sobre dinheiro e escreva-as em um papel. Alguns exemplos de crenças limitantes são: dinheiro é sujo, dinheiro não traz felicidade, dinheiro não dá em árvore, os ricos não entram na porta do céu, etc.

3 – SUA HISTÓRIA COM O DINHEIRO

É importante que você pense na história da sua vida em relação a dinheiro e trabalho para entender o porquê das dificuldades que têm hoje. Uma forma de começar essa reflexão é respondendo às perguntas abaixo (por escrito!):

Qual a história mais antiga sobre dinheiro que você lembra?
O que sua família falava para você sobre dinheiro? (Aqui você pode descobrir mais algumas crenças limitantes)
Seus pais já brigaram entre si ou com você por causa de dinheiro?
Como foi a sua situação financeira durante a infância? E na adolescência? E na vida adulta?

4 – RESSIGNIFICAÇÃO

Após perceber quais são as suas crenças limitantes em relação ao dinheiro e quais são as histórias que você conta a si mesmo quando o assunto é esse, você precisa buscar ressignificar tudo isso. Leia o que escreveu e procure pensar nisso de forma racional, ressignificando o sentido que essas crenças e histórias têm para você e transformando-as em algo positivo ou mesmo sem importância.

E o que é ressignificar? É atribuir um novo significado aos acontecimentos. A ideia aqui é desconstruir essas crenças e histórias e pensar nelas de uma nova maneira. Perceber o que está trazendo consequências negativas para a sua vida e conscientemente neutralizar esses pensamentos.

5 – CONSCIENTIZAÇÃO E PLANEJAMENTO FINANCEIRO

A relação com o dinheiro pode te ajudar ou te atrapalhar na hora de realizar certas mudanças em sua vida profissional. Por isso você precisa refletir sobre as questões abaixo antes de tomar qualquer decisão:

Você está disposto a ganhar menos para realizar um trabalho que ame?
Você está disposto a ganhar mais para realizar um trabalho que não gosta?
O dinheiro que você ganha atualmente, no trabalho que não gosta, está valendo a pena em relação ao sofrimento que o trabalho está causando?
Em sua transição de carreira, vai ser necessário ficar alguns meses sem ter renda para entrar em uma outra área ou para empreender?
Você está disposto a abrir mão de algumas coisas que pode comprar hoje para completar sua transição para o trabalho que ama fazer?

Essas são perguntas cruciais e as respostas precisam estar claras em sua cabeça antes de qualquer mudança de emprego e de vida. Além disso, caso você decida que deve trabalhar em um lugar onde vai ganhar menos, ou abrir uma empresa ou mesmo se demitir, é necessário que você faça um planejamento financeiro antes. Analise seus gastos, veja onde pode cortar, economize e invista seu dinheiro. Calcule o quanto é necessário e faça uma reserva financeira para quando estiver sem renda ou ganhando menos.

Se você quiser se aprofundar nessa questão do dinheiro, recomendo vídeo da Paula Abreu, chamado Detox de Dinheiro.

***Este artigo é uma adaptação de um capítulo do ebook gratuito “Trabalhe com o que ama”. Clique no link abaixo para baixar o livro completo.

Renata Lapetina

Renata é coach, escritora e internacionalista. Criadora do Programa O Que Quero Ser Quando Crescer, sua missão é inspirar pessoas a fazerem o que amam.

satisfação no trabalhoESTÁ TRABALHANDO EM ALGO QUE NÃO GOSTA E PRECISA DE AJUDA PARA FAZER UMA TRANSIÇÃO PARA UM TRABALHO QUE AME FAZER?

Baixe este ebook GRATUITAMENTE, que vai te mostrar o caminho para ser feliz em sua vida profissional. Descubra o que ama e encontre satisfação no trabalho!

Não deixe escapar essa oportunidade! Baixe o ebook aqui!

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *